Quanto o YouTube paga?

Se você produz conteúdo regularmente no YouTube, é possível que esteja pensando em transformar essa atividade em uma fonte de renda. Talvez você tenha ouvido falar de grandes estrelas do YouTube que já faturaram milhões ou daquele “amigo de um amigo” que ganha seis dígitos por ano publicando vídeos na plataforma. Com base nisso, você decidiu expandir seu conteúdo regular no YouTube para tentar gerar renda. Talvez você esteja até se perguntando quanto o YouTube paga por um milhão de visualizações e acredite que possa ter sucesso! Algumas pessoas duvidam do seu potencial, e essa é sua chance de provar que elas estão erradas.

Mas quanto o YouTube realmente paga? Como acontece com a maioria dos empregos, para alguns poucos, o YouTube é o caminho para faturar milhões. Para um número maior de pessoas, ele proporciona uma vida digna. Para a maioria dos criadores de conteúdo do YouTube, ganhar dinheiro exige muito trabalho; mas, com a quantidade certa de esforço, você pode fazer com que a plataforma dê o retorno desejado para você.

Para os criadores de conteúdo do YouTube, temos mais uma notícia boa: o navegador Brave oferece uma fonte direta de renda para YouTubers, independentemente de você ter dez ou cem inscritos. O Brave permite que os usuários doem alguns de seus BATs (Tokens de Atenção Básica) para criadores do YouTube como você. Se alguém gostar do seu vídeo, essa pessoa poderá recompensar você instantaneamente com uma doação. Nada de algoritmos confusos para calcular visualizações e ganhos; simplesmente um depósito direto de BATs na sua carteira digital.

Neste artigo, veremos como o YouTube paga por visualização e quanto ganha a maioria dos YouTubers.

Como os criadores de conteúdo são pagos no YouTube?

Ser pago no YouTube não é uma fórmula simples: não existe um valor simples de “cada clique paga X”. Em vez disso, os criadores de conteúdo do YouTube geralmente têm vários fluxos de renda para cada canal ou marca, usando métodos que incluem desde links de afiliados e patrocínios de marcas até doações do Brave para gerar renda. Cada fonte de receita paga de forma diferente, e os valores pagos variam de acordo com:

  • a duração do vídeo;
  • a qualidade dos anúncios;
  • o número de cliques que cada anúncio recebe;
  • bloqueadores de anúncios.

Achou um pouco confuso? Você não está sozinho! Calcular uma “taxa de pagamento” exata para o YouTube é, na melhor das hipóteses, algo complicado, mas há algumas dicas úteis a serem lembradas.

Quando se trata de anúncios, os fatores que determinam o pagamento são as visualizações (do anúncio) e os cliques. Quanto mais visualizações e cliques, mais dinheiro.

A questão é que os anúncios não são calculados da mesma maneira. Alguns anúncios são pagos com base em uma taxa de custo por mil (CPM), geralmente calculada por 1.000 visualizações. Outros anúncios pagam com base em uma taxa de custo por clique (CPC).

No entanto, a fica ainda mais complicada, pois alguns anúncios consideram uma “visualização” como assistir a uma determinada porcentagem do anúncio, enquanto outros não pagam até que um espectador assista ao anúncio inteiro. Isso geralmente depende de onde o anúncio está localizado (por exemplo: no vídeo, no início do vídeo ou como um banner na página de destino do vídeo).

Isso resulta em um sistema bastante confuso, sem uma maneira clara de determinar quanto um vídeo em particular rende. E, na maioria dos casos, é o YouTube, e não os criadores de conteúdo, que escolhe os anúncios. Portanto, um anúncio particularmente bem-feito pode gerar mais cliques do que um anúncio semelhante, até no mesmo vídeo.

Etapas básicas para gerar renda no YouTube

Dito isso, agora vamos explicar algumas das etapas básicas para gerar renda no YouTube.

1. Inscreva-se no Programa de Parcerias do YouTube

O Programa de Parcerias do YouTube (YPP) é o primeiro passo para ser pago pelo YouTube. Com o YPP, os criadores de conteúdo podem ser pagos por cliques em anúncios exibidos nos próprios vídeos. Mas antes você precisa se qualificar para o programa. Para isso, é necessário:

  • ter no mínimo 1.000 inscritos;
  • ter uma conta do AdSense;
  • alcançar 4.000 horas de exibição nos últimos 12 meses;
  • concordar com os termos e condições e cumprir as regras de conteúdo do YouTube;
  • obter a aprovação final do YouTube.

2. Encontre um nicho

A publicidade é a principal fonte de renda para a maioria dos criadores de conteúdo. Ela paga de duas maneiras principais: quando um espectador assiste e clica em um anúncio ou quando um anunciante pede a um criador de conteúdo que promova seu produto diretamente. O segundo método é conhecido como marketing de marca, e vamos abordá-lo mais adiante.

Para a maioria dos criadores de conteúdo, o dinheiro está nos anúncios. Mas, para obter mais visualizações e cliques nos anúncios, você geralmente precisará de mais visualizações em seus vídeos. É daí que surge a concepção errônea de que são as visualizações que pagam. Não são. São os anúncios. Mas é difícil obter receita com anúncios se você não tem muitas visualizações.

3. Cultive uma base de fãs

Como conseguir muitas visualizações? Cultivando uma base de fãs!

Uma das pessoas que mais ganha dinheiro com o YouTube é Ryan Kaji. Ele não é um empresário de 23 anos nem um palestrante de 39 anos. Ele é uma criança de 8 anos. E como ele ganha dinheiro? Fazendo vídeos para crianças!

O Ryan’s World está cheio de vídeos feitos por uma criança e para crianças. Ele não está tentando produzir filmes sérios nem dar opiniões polêmicas. Ryan Kaji conhece seu nicho, e já ganhou milhões com isso.

Encontre o seu nicho, seja ele criar vídeos para crianças como o Ryan’s World ou acertar jogadas incrivelmente complexas como o DudePerfect. Cultive uma base de fãs dentro desse nicho e aumente suas visualizações e seus cliques em anúncios.

Publicar regularmente e criar vídeos e conteúdo que ajudem você a se destacar também ajudarão a aumentar sua base de fãs. A partir daí, você pode trabalhar para melhorar seus vídeos com melhor edição, equipamentos e muito mais.

Quanto realmente ganham os YouTubers?

Calcular uma renda média por mês para YouTubers específicos é bem difícil. O YouTube não divulga estatísticas de pagamento, e o Google AdSense também não. Existem algumas maneiras de estimar os ganhos totais, como na lista abaixo, mas nenhuma forma real de resumir isso em uma fórmula específica.

Os criadores de conteúdo que mais ganharam com o YouTube em 2019 foram:

  1. Ryan Kaji: US$ 26 milhões
  2. Dude Perfect: US$ 20 milhões
  3. Anastasia Radzinskaya: US$ 18 milhões
  4. Rhett e Link: US$ 17,5 milhões
  5. Jeffree Star: US$ 17 milhões
  6. Preston Arsement: US$ 14 milhões
  7. PewDiePie: US$ 13 milhões
  8. Markiplier: US$ 13 milhões
  9. DanTDM: US$ 12 milhões
  10. Vanoss Gaming: US$ 11,5 milhões

Vale lembrar que esses são os dez mais bem pagos dentre dezenas de milhares de criadores de conteúdo no YouTube. A maioria das pessoas nunca chegará a esse nível de receita.

Métodos alternativos para gerar renda no YouTube

Embora os anúncios sejam a principal fonte de renda para a maioria dos YouTubers, mesmo os grandes, existem vários métodos complementares para ganhar dinheiro no YouTube.

  • Brave O objetivo do navegador Brave é reequilibrar a economia da internet. Os usuários ganham BATs pela visualização de anúncios, e os BATs ganhos vão para a carteira virtual deles. Os usuários podem fazer doações aos criadores de conteúdo do YouTube diretamente a partir dessa carteira e até configurar doações recorrentes para seus YouTubers favoritos.

  • Links de afiliados Links que rendem uma comissão ao criador de conteúdo pela promoção de outros produtos. Os links de afiliados gerarão dinheiro para o criador de conteúdo enquanto estiverem ativos, proporcionando uma fonte de receita pequena, mas potencialmente estável.

  • Patrocínios de marcas Com inscritos suficientes e o nicho certo, os criadores de conteúdo podem atrair a atenção de marcas desse mercado. Em um patrocínio de marca, uma marca paga ao criador uma quantia única de dinheiro para que ele compartilhe um produto.

  • Patreon O Patreon oferece um serviço de assinatura pago para criadores de conteúdo, permitindo que eles cultivem um grupo seleto de pessoas que os pagam para ter acesso a conteúdo exclusivo ou vídeos especiais.

O YouTube pode ser uma opção de carreira lucrativa, principalmente se você tem um nicho que pode diferenciar você de outros criadores. A parte mais difícil é cultivar uma base consistente de fãs. Porém, depois de começar a ganhar espectadores, você poderá estar no caminho certo para ganhar dinheiro com seus vídeos.

Conclusão

Quanto o YouTube paga? Tudo depende dos seguidores, anúncios e outras fontes de receita do criador de conteúdo. Toda a fórmula é um pouco obscura e nebulosa, mas o Brave evita essa névoa e oferece aos usuários uma maneira simples e direta de contribuir para seus criadores de conteúdo favoritos.

Para os YouTubers, o Brave oferece uma métrica fantástica para analisar o sucesso de diferentes vídeos. Não há confusão sobre se um anúncio foi especialmente bom, aumentando assim o desempenho de um vídeo mais ou menos. O Brave permite que um criador de conteúdo veja as doações geradas por um vídeo específico, vendo do que os espectadores gostaram e ajustando seu conteúdo de modo correspondente.

Related articles

Ready to Brave the new internet?

Brave is built by a team of privacy focused, performance oriented pioneers of the web. Help us fix browsing together.

close
close

Quase lá…

Você está a 60 segundos da melhor privacidade on-line

Se seu download não for iniciado automaticamente. .

  1. Baixar o Brave

    Clique em “Salvar” na janela que aparecer e aguarde a conclusão do download.

    Aguarde a conclusão do download (talvez seja necessário clicar em “Salvar” em uma janela que aparecerá na tela).

  2. Executar o instalador

    Clique no arquivo baixado no canto inferior esquerdo da tela e siga as instruções para instalar o Brave.

    Clique no arquivo baixado no canto superior direito da ela e siga as instruções para instalar o Brave.

    Clique no arquivo baixado e siga as instruções para instalar o Brave.

  3. Importar configurações

    Durante a configuração, importe favoritos, extensões e senhas do seu navegador antigo.

Precisa de ajuda?

Tenha mais privacidade. Em qualquer lugar!

Baixe o Brave para dispositivos móveis para ter privacidade em qualquer lugar.

Download QR code
Brave logo Clique neste arquivo para instalar o Brave
Clique neste arquivo para instalar o Brave Brave logo