Qual é a diferença entre a Carteira Brave e a MetaMask?

A Carteira Brave e a MetaMask são carteiras de criptomoedas. Você pode usar ambas para comprar, armazenar e trocar criptomoedas, criptotokens e outros criptoativos; gerenciar um portfólio de ativos; e conectar DApps Web3.

No entanto, há uma diferença fundamental entre as duas: A Carteira Brave é integrada ao navegador Brave, enquanto a MetaMask é uma extensão (ou um complemento) que você precisa instalar. E isso tem consequências abrangentes de segurança, confiabilidade e desempenho.

Neste breve artigo, discutiremos as vantagens e desvantagens da Carteira Brave e da MetaMask e forneceremos as informações necessárias para que você decida qual é a opção certa para sua situação.

O que é um navegador e o que é uma extensão?

Primeiramente, vamos definir alguns termos básicos.

Um navegador é sua janela para a web. Ele é o software em seu computador, smartphone ou tablet que você usa para acessar sites, seja digitando ou pesquisando um endereço da web. Brave, Chrome, Safari e Firefox são alguns exemplos de navegadores da web muito utilizados.

Uma extensão de navegador, por sua vez, é exatamente o que o nome indica: um pequeno app ou módulo de software que personaliza (ou estende) seu navegador da web. Alguns exemplos de extensões comuns são bloqueadores de anúncios e cookies, modificadores de interface do usuário (itens que alteram a aparência ou o desempenho do seu navegador) e, como você logo verá, carteiras de criptomoedas.

*Observação para os leitores: navegadores da web não são a mesma coisa que mecanismos de pesquisa. Independentemente de sua pesquisa ocorrer em um navegador ou widget, os resultados são abertos em um navegador. Pesquisa Brave, Google, Bing e DuckDuckGo são alguns exemplos de mecanismos de pesquisa muito utilizados.

Qual é o problema das extensões?

Não há nenhum problema inerente às extensões de navegador. Existem milhares de extensões disponíveis, e muitas que ajudam a personalizar um navegador exatamente de acordo com a preferência de um usuário específico ou a criar atalhos de fácil acesso às ferramentas ou aos sites usados com mais frequência.

A MetaMask é um exemplo desse tipo de extensão. Ao instalá-la, você pode acessar sua carteira de criptomoedas (e maioria dos recursos dela) por meio de um ícone ao lado da barra de endereço do seu navegador. Em um clique, um pequeno painel é aberto, mostrando seu portfólio, dados de preços e outras informações. E ela é compatível com a maioria dos principais navegadores.

No entanto, as extensões têm alguns efeitos colaterais importantes. Por exemplo:

  • Elas podem ser facilmente falsificadas, expondo você a golpes de phishing. Se você instalar uma cópia falsa da extensão original e inserir informações pessoais, seus dados (e ativos!) estarão correndo o risco de serem roubados.

  • Elas são usadas com frequência em navegadores não privados, como o Google Chrome, expondo você a vazamentos de dados do comportamento de navegação.

  • Elas exigem processos adicionais para serem executadas no seu computador, smartphone ou tablet. Isso significa um alto uso de CPU e memória do dispositivo local, além de uma redução geral do desempenho do dispositivo.

  • Elas dependem do navegador. Por exemplo, se o Google decidisse remover uma extensão de carteira da Chrome Web Store, você teria dificuldade para acessar seus fundos.

Qual é a alternativa às extensões?

A alternativa às extensões é algo chamado de carteira “nativa do navegador”. Esse termo significa que os recursos são integrados diretamente ao seu navegador, em vez de serem instalados como um complemento.

Ressaltamos novamente que as extensões não são inerentemente ruins nem pouco seguras. É tudo uma questão de graus de risco. Algumas extensões (por exemplo, aquelas que oferecem planos de fundo personalizados, modo escuro ou acesso rápido a um dicionário) são, na maioria dos casos, inofensivas. Outras (principalmente aquelas que exigem login e têm acesso a dados pessoais ou financeiros confidenciais) apresentam um potencial bem maior de riscos. Nesses casos, as carteiras nativas do navegador podem ser uma opção melhor.

Uma carteira nativa do navegador como a Carteira Brave é integrada diretamente ao navegador, da mesma forma que outros recursos como playlists off-line ou feeds de notícias diárias personalizados. Essa funcionalidade nativa combate os três principais riscos das extensões:

  • A funcionalidade nativa é bem mais difícil de falsificar, o que significa um risco menor de phishing e roubo.

  • Ela não exige processamento adicional para ser executada, o que significa menos utilização de CPU e memória no seu dispositivo e um desempenho geral melhor.

  • Quando ela é combinada com um navegador que prioriza a privacidade, o risco de vazamentos de dados de navegação é bem menor, pois geralmente esses dados nem são coletados.

Qual é a melhor carteira de criptomoedas?

A Carteira Brave e a MetaMask são ótimas opções tanto para iniciantes no mundo das criptomoedas quanto para profissionais experientes (chamados de “baleias” pelos especialistas da área). Ambas permitem que você compre, armazene e troque criptoativos e gerencie seu portfólio completo. E ambas permitem que você conecte outros DApps Web3.

Mas, pelos motivos descritos acima (a segurança adicional e a redução da carga no seu dispositivo), recomendamos uma carteira nativa do navegador como a Carteira Brave.

E, como bônus, usar a Carteira Brave não significa abrir mão de recursos, design nem facilidade de uso. Com a Carteira Brave, você pode:

  • comprar, armazenar e trocar ativos;

  • comprar usando moedas fiduciárias, via Wyre;

  • obter suporte a NFTs e a várias blockchains;

  • conectar outros DApps Web3;

  • importar carteiras de autocustódia ou de hardware, como Trezor e Ledger (sem necessidade do Ledger Live);

  • ver dados de mercado em tempo real (por meio da integração ao CoinGecko);

  • obter suporte a redes compatíveis com EVM (por exemplo, Polygon, Binance Smart Chain, xDai, Avalanche e muito mais);

  • usar uma carteira que funciona com uma licença realmente aberta.

Como faço para importar da MetaMask para a Carteira Brave?

Se você deseja importar dados da sua carteira MetaMask para sua Carteira Brave, abra o navegador Brave e acesse brave://wallet. Selecione a opção Importar do MetaMask na tela de criação de carteira.

Insira sua senha da MetaMask (você pode usar a mesma senha da sua carteira Metamask para sua conta da Carteira Brave ou pode definir uma senha exclusiva para a Carteira Brave). Depois que uma senha for escolhida, seus dados da MetaMask serão importados e o navegador redirecionará você para o Portfólio da sua página principal da Carteira Brave.

Saiba mais sobre como usar a Carteira Brave e importar dados de outras carteiras.

Mais sobre o Brave e a MetaMask

O Brave (ou a Brave Software Inc) é mais conhecido por seu navegador da web que prioriza a privacidade, baseado no núcleo de navegador Chromium. A empresa foi fundada em 2015 e hoje tem mais de 50 milhões de usuários em todo o mundo. O navegador Brave bloqueia rastreadores e anúncios por padrão, o que aumenta sua segurança on-line e oferece uma visão mais rápida e limpa da web. Ele tem recursos personalizados, como a Playlist, as Notícias e o Talk, que proporcionam a você mais funcionalidades nativas do navegador que priorizam a privacidade do que outros navegadores. Além disso, agora ele tem a Pesquisa Brave, um mecanismo de pesquisa realmente privado e independente para competir com o Google e o Bing.

A MetaMask é uma carteira de criptomoedas de software elaborada para interagir com a blockchain Ethereum. Ela foi criada pela ConsenSys Software, Inc. (uma empresa de software de blockchain) em 2016 e hoje tem mais de 10 milhões de usuários em todo o mundo. O MetaMask Swaps, um serviço agregador de DEXs integrado, foi lançado em outubro de 2020.

Comece já a usar a Carteira Brave!

Related articles

Ready to Brave the new internet?

Brave is built by a team of privacy focused, performance oriented pioneers of the web. Help us fix browsing together.

close
close

Quase lá…

Você está a 60 segundos da melhor privacidade on-line

Se seu download não for iniciado automaticamente. .

  1. Baixar o Brave

    Clique em “Salvar” na janela que aparecer e aguarde a conclusão do download.

    Aguarde a conclusão do download (talvez seja necessário clicar em “Salvar” em uma janela que aparecerá na tela).

  2. Executar o instalador

    Clique no arquivo baixado no canto inferior esquerdo da tela e siga as instruções para instalar o Brave.

    Clique no arquivo baixado no canto superior direito da ela e siga as instruções para instalar o Brave.

    Clique no arquivo baixado e siga as instruções para instalar o Brave.

  3. Importar configurações

    Durante a configuração, importe favoritos, extensões e senhas do seu navegador antigo.

Precisa de ajuda?

Tenha mais privacidade. Em qualquer lugar!

Baixe o Brave para dispositivos móveis para ter privacidade em qualquer lugar.

Download QR code
Brave logo Clique neste arquivo para instalar o Brave
Clique neste arquivo para instalar o Brave Brave logo